Portal da Cidade Assis Chateaubriand

Serviço Militar

Jovens fazem Juramento à Bandeira e são dispensados do Serviço Militar

117 jovens nascidos no ano de 2000 ou anteriores, que se alistaram em 2018, foram dispensados do Serviço Militar

Postado em 03/12/2018 às 13:54 |

Juramento a bandeira (Foto: Prefeitura de Assis Chateaubriand)

Jovens dispensados (Foto: Prefeitura de Assis Chateaubriand)

Jovem dispensado com Prefeito Pegoraro (Foto: Prefeitura de Assis Chateaubriand)

Assis Chateaubriand - Em solenidade do Exército Brasileiro realizada na manhã desta sexta-feira (30), 117 jovens nascidos no ano de 2000 ou anteriores, que se alistaram em 2018, foram dispensados do Serviço Militar em Assis Chateaubriand. Para isso, eles fizeram o Juramento à Bandeira.

 

O ato oficial foi comandado pelo 1º Tenente Edson Brás Grisoski, Delegado do Serviço Militar, de Cascavel. “Após o compromisso feito, entregamos o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), documento que comprova que o cidadão está oficialmente dispensado das obrigações militares”, explica ele.

 

A cerimônia aconteceu no Centro de Convenções da Prefeitura e contou com a presença do prefeito e presidente da Junta de Serviço Militar de Assis, João Aparecido Pegoraro. “Fazermos parte da administração do Tiro de Guerra 05-015, que é o braço do Exército Brasileiro em nosso município, é uma hora, pois sabemos do importante papel que a instituição tem na sociedade”, enfatiza o prefeito.

 

Formaram a frente de honra do evento a presidente da Câmara Municipal, Vera do Nascimento, a secretária de Educação e Cultura, Fátima Aparecida Sobral, e o secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Serviço Urbanos e Obras, José Vieira Neto. A solenidade também foi acompanhada de vários pais dos jovens dispensados.

 

Aos faltosos que não compareceram, o secretário da Junta Militar, João Pereti, avisa que estes só poderão retirar quando houver nova convocação. “O próximo Juramento à Bandeira acontecerá em março de 2019. Até lá, eles não conseguirão ter em mãos o documento, que é obrigatório para prestar vestibulares e concursos públicos, confeccionar passaporte, bem como se matricular em instituições de ensino mantidas pelo governo e assumir funções públicas”, enfatiza Pereti.

 

O ato de Juramento à Bandeira deste dia 30 de novembro foi um dos últimos compromissos de Leonardo Figueiredo no comando do Tiro de Guerra 05-015 de Assis Chateaubriand, antes de ser deslocado para o município de Alegrete, no Rio Grande do Sul. Ele também foi promovido de Sargento para Subtenente.

 

“Na noite deste sábado (1º), teremos a formatura de encerramento do ano de instrução dos atiradores que prestaram o serviço em 2018. Posteriormente, de 10 a 14 de dezembro, faremos a transição de comando ao 1º Sargento Daniel Rodrigues Castro, que chega de Dourados, Mato Grosso do Sul”, detalha Figueiredo

Fonte:

Deixe seu comentário